4 Razões Científicas por que um Apocalipse com Zumbis é Possível!

Todos já viram filmes de terror e suspense que contam a história de um apocalipse causado por zumbis. Pois bem, o legal disso tudo é que há um fundo científico nessas histórias:

4. Parasitas Cerebrais

Zumbis - Resident Evil 4Como visto em: Resident Evil IV (jogo)

O que são?
Parasitas que transformam suas vítimas em "escravos" são comuns na natureza. Há, por exemplo o protozoário toxoplasma gondii.
Esse bicho infecta ratos, mas só se reproduz no intestino de gatos. O parasita sabe que precisa chegar ao intestino de um gato, então ele domina o cérebro do rato e, intencionalmente, faz ele perambular na frente do gato pra ser comido. O rato está sendo programado pra ser comido e nem sabe.
Mas são só ratos né?

Como isso pode resultar em zumbis:
Ah é! Por acaso eu mencionei que metade da população humana está infectada com toxoplasma gondii e não sabe? Ei! Talvez você seja um! Jogue uma moeda!

Chances de ocorrer um apocalipse:
Humanos e ratos não são tão diferentes, tanto que usamos ratos para testar nossos produtos. Tudo que precisa acontecer é aparecer uma versão evoluída do toxoplasma, uma que consiga fazer conosco o que faz com os ratos e Voilà! Temos nossa própria legião de zumbis! =)


3. Neurotoxinas

Zumbis - NeurotoxinasComo visto em: Romeu e Julieta (uhauhauh, sério!)

O que são?
Há certos tipos de veneno que diminuem suas funções vitais até um ponto que você seria considerado morto, até por um médico (ok, talvez não por um bom médico). O veneno do baiacu pode fazer isso.
As vítimas podem ser trazidas de volta depois sob o efeito de químicos chamados alcalóides [1] que os deixam em um estado de transe sem consciência, mas ainda capazes de realizar tarefas simples como comer, dormir, resmungar e andar com os braços esticados perseguindo vítimas inocentes.

Como isso pode resultar em zumbis:
Aconteceu no Haiti, de onde vem a palavra zumbi! Clairvius Narcisse foi declarado morto por dois médicos em 1962, mas o encontraram andando por uma vila 18 anos depois. O que aconteceu foi que um sujeito que gostava de Vudu usou químicos para "zumbificar" pessoas e colocá-las pra trabalhar nas plantações de açúcar. (Sério!!!)

Chances de ocorrer um apocalipse:
Por um lado, já aconteceu! Então o lance tem uma certa credibilidade, mas mesmo se algum gênio do mal intencionalmente distribuísse toxinas alcalóides para a população para criar zumbis, não há meio de torná-los agressivos ou canibais.


2. Vírus da Raiva

Zumbis - ExtermínioComo visto em: Extermínio 1 e 2

O que são?
No filme, um vírus transforma os humanos em máquinas assassinas. Na vida real, nós temos várias disfunções cerebrais que fazem a mesma coisa. Não são contagiosas, obviamente.
Mas então apareceu a Doença da Vaca Louca que ataca a medula e o cérebro das vaquinhas, transformando-as em máquinas assassinas com leite. E quando os humanos comem essas vacas...

Como isso pode resultar em zumbis:
Quando a vaca louca afeta humanos é chamada de doença de Creutzfeldt-Jakob, cujos sintomas são: mudanças na maneira de andar, alucinações, falta de coordenação, espasmos musculares, convulsões e evolução rápida para um estado de demência. A doença é rara e os infectados não são de sair pelas ruas em grupo atacando pessoas. Ainda.

Chances de ocorrer um apocalipse:
Sabe-se que você só precisa ter falta de serotonina no cérebro para virar uma máquina assassina (testaram em ratos colocando-os em lugares fechados e vendo a violência comer solta). Tudo que precisaria é uma doença que destrua a capacidade do cérebro de absorver a serotonina [2] e pronto!

1. Neurogênese

Zumbis - NeurogêneseComo visto em: Laboratórios pelo mundo

O que são?
Todos sabem da controvérsia sobre a pesquisa de células-tronco. O lance é que com elas podemos regenerar células mortas. Particularmente interessante para os zumbizólogos é a neurogênese, isto é, regeneração de tecido cerebral morto.

Como isso pode resultar em zumbis:
A ciência pode te salvar de praticamente qualquer coisa, exceto da morte cerebral. Eles podem trocar seus órgãos (como cartas de WAR), mas, uma vez que seu cérebro vire paçoca, já era. Certo?
Bem, não por muito tempo. Eles já são capazes de regenerar o cérebro de pacientes em coma por traumatismo craniano para que acordem e andem novamente. Junte isso, com um novo conhecimento de manter um corpo em animação suspensa para que possa ser trazido à vida depois e logo estaremos trazendo de volta os mortos. Legal, né?
O problema é que o processo de reanimação de uma pessoa faz com que o cérebro morra de fora pra dentro. A parte de fora sendo o córtex, a parte bacana que faz com que os humanos sejam humanos. Assim, só sobra a parte que controla as funções motoras básicas e os instintos primitivos.
Você não precisa do córtex pra sobreviver. É por isso que galinhas conseguem andar, mesmo depois de decapitadas (incluindo aquela que viveu 18 meses sem cabeça! [3])

Então, você pega um cara morto, usa técnicas obscuras para reanimá-lo e tem o seu próprio corpo ambulante, sem personalidade nem pensamentos, só uma carcaça de instintos e impulsos.
Senhoras e senhores, isso é um zumbi!

Chances de ocorrer um apocalipse:
Pense nisso. Sob qualquer sistema de leis no mundo, seus direitos e responsabilidades acabam quando você morre. É só aparecer um indivíduo com muito dinheiro e nenhum escrúpulo e ele pode ter seu próprio exército de obedientes trabalhadores escravos zumbis.

Fonte: Cracked.com

[1] Quase tudo que termina com ina, exemplos: codeína (derivado do ópio), cocaína, nicotina, cafeína, Cristina, retina, margarina, purpurina e o mago dos gramados: Obina.
[2] Sugestão para nome: Vaca Doida Por Bosta.
[3] Mike, a galinha sem cabeça

1 bedelhos metidos:

Anônimo disse...

Parabens ae meu kirido, otimo texto e excelente senso de humor hauhuahu

abraço!

Plinio Oliveira