Ensino da Matemática 2.0

Aconteceu de novo, senhores.

Mas desta vez, "eu" aproveitei para fazer uma boa ação de fim de ano [1].

Pois bem... fui à Renner ajudar minha namorada a comprar biquinis [2].

Nota da RennerDepois de comprar biquinis, shorts, fita adesiva, livro do Harry Potter, porta-lápis, espátula, maçarico, cartolina... e ficar trocentas horas na fila chega a nossa vez de pagar.

Valor da conta: R$80,70

Minha namorada dá R$100 e então pergunta:
- Você quer 70 centavos pra ajudar?
- Ah, sim. Obrigado.

E a tia pega os 70 centavos e digita na máquina... Valor recebido: R$170,00

Troco: R$89,30

Esperei pacientemente a mulher perceber a cagada na hora de pegar o troco, mas ela nem viu!
Se não fosse a "nossa" boa vontade [3], a mulher iria devolver R$89,30 de troco!

A pior parte não foi a atendente não perceber o erro, todo mundo erra, mas ainda tivemos que explicar o problema 3 vezes (!!!) pra ela acreditar que estava errada.

Agora eu pergunto:

1. Porque alguém daria R$170 pra pagar uma conta de R$80???

2. Porque as pessoas confiam mais no computador que no próprio raciocínio lógico???

Fazer-se-á o quê?

[1] Na verdade não, porque a façanha foi da minha namorada.
[2] To indo pra praia, recesso de 1 semana no blog.
[3] Não que eu seja um fdp, mas é que eu tava revoltado com a demora da fila e das compras.

1 bedelhos metidos:

GH of Xaos disse...

Cara! Depois da primeira vez que eu explicasse e ela não entendesse eu diria... É verdade, o computador está sempre certo, como eu sou burro, pode me dar os R$89,30 de troco! E Feliz Natal! Pegava o troco, e dava uma risada maligna! :P